Galeria Nacional da Dinamarca

Galeria Nacional da Dinamarca

A pinacoteca mais importante da Dinamarca é a Galeria Nacional, localizada em pleno centro de Copenhague. A galeria abriga obras de artistas dinamarqueses e internacionais desde o século XIV. 

A Galeria Nacional da Dinamarca ou SMK (Statens Museum for Kunst), é um dos edifícios mais bonitos de Copenhague e representa a coleção de arte mais importante do país. O museu é composto por dois edifícios, um de estilo renascentista e outro moderno, conectados por um corredor repleto de esculturas e um teatro. É bastante comum que a SMK organize concertos, apresentações de dança e exposições temporárias neste espaço. 

Mais de 9.000 pinturas e esculturas fazem parte da coleção da Galeria Nacional da Dinamarca. Muitas destas obras foram adquiridas e cedidas pela monarquia dinamarquesa ao longo dos últimos séculos. Desta forma, na SMK é possível apreciar a arte dinamarquesa desde o Renascimento até a Idade Contemporânea.

A coleção

  • Arte Europeia (séculos 1300-1800): a SMK reúne uma importante coleção de pinturas de renomados artistas internacionais, como Rembrandt, Rubens ou Cranach. A ala leste do segundo andar do museu é dedicada a pinturas de temas mitológicos e religiosos. Entre as obras mais famosas destacam-se Melancolia, de Cranach, o Velho; A Queda dos Titãs, de Cornelis van Haarlem; e The Crusader, de Rembrandt.
  • Arte dinamarquesa e nórdica (1750-1900): os pintores nórdicos mais importantes da Galeria Nacional de Copenhague são Hammershøi, Eckersberg e Krøyer. Suas pinturas retratam paisagens interiores com figuras femininas de fundo, portos, navios e cenas da vida cotidiana na praia. A coleção da SMK abriga obras da chamada "Era de Ouro" da pintura dinamarquesa, cuja produção data do século XIX.
  • Arte francesa (1900-1930): a Galeria Nacional dedica uma exposição à arte parisiense do início do século XX, com pinturas de Matisse, Derain ou Picasso. Porém, a maioria das obras deste último pintor encontra-se no Museu Picasso, em Barcelona.
  • Arte dinamarquesa e internacional (de 1900 em diante): a pintura modernista ocupa o terceiro andar da Galeria Nacional da Dinamarca. A exposição combina autores dinamarqueses e internacionais, dando lugar a uma coleção bastante completa com obras de artistas como Jorn, Kirkeby e Roepstorff, entre outros. 

Uma visita indispensável

A Galeria Nacional da Dinamarca ou SMK é o museu mais importante de Copenhague e uma visita indispensável caso você visite a cidade. Esta galeria combina perfeitamente obras de artistas internacionais e dinamarqueses, compondo uma coleção muito completa e interessante.

Horário

Segundas-feiras: fechado.
De terça a domingo: das 10:00 às 18:00 horas.
Quartas-feiras: das 10:00 às 20:00 horas.

Preço

Adultos: kr120 (US$18,10).
Menores de 27 anos: kr95 (US$14,30).
Menores de 18 anos: entrada gratuita.
Adulto + criança: kr100 (US$15,10).

Transporte

Ônibus: 6A, 26 e 42.
Trem: estação Nørreport.