Rundetaarn

A Rundetaarn de Copenhague abriga o observatório mais antigo da Europa ainda em funcionamento, um telescópio de 1929 e um excelente mirante em seu topo. 

A Torre Redonda de Copenhague é uma das construções mais curiosas da cidade. Foi construída em 1642 por ordem do rei Christian IV com o objetivo de criar o primeiro observatório astronômico de Copenhague. Atualmente o observatório de Rundetaarn é o mais antigo da Europa ainda em funcionamento.

Durante séculos, a Torre Redonda foi o epicentro da astronomia na Dinamarca. Em seu interior é possível ver seu telescópio de 1929 e os mapas das constelações como foram desenhados na época. Além disso, na subida ao mirante da torre encontra-se um planetário do século XVII que apresenta o Sol como centro do universo.

Subir a Torre Redonda

A característica mais marcante da Torre Redonda de Copenhague é a sua rampa em espiral. Este design curioso não é acidental e se repete em outros edifícios famosos, como a Giralda, em Sevilha. O objetivo era que o rei Christian IV pudesse subir ao topo do observatório montado em seu cavalo.

Depois de dar sete voltas e meia ao longo da rampa em espiral você alcançará o mirante da Torre Redonda, que se encontra a 34,8 metros de altura. De lá de cima é possível ver todos os edifícios do coração de Copenhague. A vista do Rundetaarn é espetacular!

Destacam-se ainda na Torre Redonda de Copenhague a antiga biblioteca (agora convertida numa sala de exposições), o sótão dos sinos e uma plataforma de vidro onde você pode espiar os 25 metros de queda da torre.

Horário

De 21 de maio a 21 de setembro:
Todos os dias das 10:000 às 20:00 horas.
Resto do ano:
Todos os dias: das 10:00 às 18:00 horas.

O observatório abre apenas de outubro a março.

Preço

Adultos: kr25 (US$3,90).
Crianças entre 5 e 15 anos: kr5 (US$0,80).

Transporte

Ônibus: linha 5c, 14, 66 e 305S.
Metrô e trem: estação Nørreport.